10/11/2021 às 09h19min - Atualizada em 10/11/2021 às 09h19min

CEO da Pfizer: Pessoas que espalham 'desinformação' devem ser presas - CIA e FBI estão nos ajudando

Albert Bourla, admitiu que a CIA e o FBI estão ajudando o gigante da Big Pharma a erradicar os "criminosos" que espalham desinformação sobre sua empresa multibilionária.

Luiz Custodio
msn.com/en-us / 100percentfedup.com

De acordo com Bourla , as pessoas que espalham informações incorretas sobre as vacinas da Covid-19 são “criminosos” e custaram “milhões de vidas”.
 

Relatórios 100percentfedup.com : Falando com o think tank Atlantic Council, com sede em Washington DC, Bourla disse que há um grupo “muito pequeno” de pessoas que propositalmente divulgam informações erradas sobre as vacinas, enganando aqueles que já estão hesitantes em se vacinar.
 

“Essas pessoas são criminosos”, disse ele ao CEO do Atlantic Council, Frederick Kempe. “Eles não são pessoas más. Eles são criminosos porque literalmente custaram milhões de vidas. ”


“Eles não são pessoas más”, mas também são “criminosos?” Isso é rico vindo de um cara que é o CEO de uma empresa farmacêutica que está ganhando dinheiro com as mãos em vacinas que estão sendo usadas como uma ferramenta para ameaçar os empregos dos cidadãos americanos, a menos que eles obedeçam e concordem com uma injeção da vacina de sua empresa. No momento caso abafado.

Assita:



 

Apoie o jornalismo gratuito e independente
Seu apoio ajuda a proteger nossa independência para que o Tribuna Nacional continue oferecendo jornalismo independente de alta qualidade e gratuito para todos. Cada contribuição, seja grande ou pequena, ajuda a garantir nosso futuro. Se você puder, considere fazer uma doação mensal recorrente.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.