21/07/2020 às 17h19min - Atualizada em 21/07/2020 às 17h19min

CNBB articula contra governo Bolsonaro

Ala progressista articula formar uma frente para ter influência num debate contra o governo conservador e acima de tudo cristão como o de Bolsonaro.

Cristina Barroso
NBO
Após quatorzes meses da eleição na CNBB. A ala progressista ganhou força diante das notícias produzidas pelo governo e bispos articulam formar internamente uma frente para que a entidade tenha ‘influência” no debate contra o governo Bolsonaro, que é um governo que defende as pautas conservadoras e acima de tudo cristão e pasmem o avanço desse acordo não encontra resistência entre os religiosos.

A ala conservadora, liderada por Dom Orani João Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro – que tem ligação com o presidente e chegou a participar da campanha   pro Bolsonaro nas eleições de 2018-, acha que há um debate entre os bispos sobre a baixa interferência da CNBB no debate político.

“A voz da CNBB, apesar de ser uma voz importante, perdeu força ao longo tempo, não tem sido tão reconhecida midiaticamente. A CNBB não está influente”, lamentou um dos bispos.
Sim, o silêncio da CNBB durante essa pandemia, com as igrejas fechadas, violência sendo praticadas contra o cidadão comum, trabalhadores sendo impedidos de trabalhar, polícia impedida de combater o crime e o tráfico de drogas nas comunidades, criminosos sendo soltos, aumento substancial de desempregados, cristãos sendo perseguidos foi sentido por todos.
Não vimos nenhum pronunciamento da CNBB.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »