03/10/2021 às 22h02min - Atualizada em 03/10/2021 às 22h02min

INSANO: 3.200 padres católicos são considerados culpados de administrar uma enorme rede de pedófilos

Mais de 3.200 padres católicos são culpados de dirigir uma enorme rede de pedofilia na França, descobriu uma nova investigação chocante.

Luiz Custodio
rt.com

Os padres pedófilos estupraram dezenas de milhares de crianças na França ao longo de algumas décadas, revelou o chefe de um inquérito independente.
 

A comissão independente liderada pelo ex-vice-presidente do Conselho de Estado Jean-Marc Sauve foi criada pela Igreja Católica em 2018 para estudar o estupro de crianças dentro da igreja. Depois de conduzir uma extensa investigação, a comissão, conhecida por sua sigla CIASE, deve entregar um relatório contundente de 2.500 páginas na terça-feira.
 

Sauve disse a repórteres que sua equipe havia encontrado 3.200 padres pedófilos e outros membros da igreja que estupravam crianças rotineiramente desde 1950. Ele acrescentou que o número era  “uma estimativa mínima”.
 

“O mais terrível para mim foi ver o mais absoluto dos males - um ataque à integridade física e mental das crianças - o que quer dizer uma obra de morte perpetrada por pessoas cuja missão era trazer vida e salvação. 

 

“Entre as décadas de 1950 e 1970, a igreja era completamente indiferente às vítimas. Eles não existiam, o sofrimento das crianças era ignorado ” , Sauve disse ao Le Journal du Dimanche em uma entrevista.

 

Relatórios da Rt.com : A rádio Europe 1 citou fontes dizendo que o número estimado de vítimas potenciais mencionadas no relatório será bem mais de 100.000. Isso é 10 vezes maior do que a estimativa anterior apresentada pela comissão em março. 
 

A Igreja Católica em todo o mundo foi abalada por vários casos de grande visibilidade envolvendo o abuso sexual de menores por padres nas últimas décadas. 
 

O Vaticano endureceu suas leis contra criminosos sexuais no clero este ano em resposta a um relatório independente de 2020 que descobriu que oficiais da Igreja não agiram com base em relatórios de crimes contra crianças no passado. 

Participe:

 

Além de compartilhar este arquigo, você pode ajudar de outra forma fazendo com que nosso trabalho chegue a mais pessoas clicando AQUI



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »