01/09/2021 às 09h58min - Atualizada em 01/09/2021 às 09h58min

Grávida americana chutada no estômago pelo Talibã depois de esquecida por Biden

Uma mulher americana grávida da Califórnia que está presa no Afeganistão foi brutalmente chutada no estômago por terroristas do Taleban e forçada a se esconder devido à recusa de Biden em resgatar americanos presos, de acordo com relatórios .

Lucas Silva
Breitbart.com

A mulher, que atende pelo nome de 'Nasria', foi forçada a se esconder depois de ser impedida de passar por um dos postos de controle montados pelo Talibã a caminho do aeroporto de Cabul, onde ela tentava fugir com o marido. Ela foi repetidamente chutada no estômago na frente de seu marido após ser bloqueada.

Relatórios do Breitbart.com : O casal está entre os americanos - que o governo não pode contar - que ficaram presos no condado depois que as últimas tropas americanas deixaram o país e pararam de transportar os desabrigados.

Os americanos ficaram lá apesar da promessa do presidente Joe Biden de garantir que todos os americanos estivessem fora do prazo estipulado por ele e aceitos pelo grupo jihadista.

O deputado republicano da Califórnia Darrell Issa tem trabalhado na tentativa de tirar Nasria e seu marido do país. Na terça-feira, ele apareceu no programa matinal da Fox News  Fox & Friends , onde descreveu o que Nasria estava passando com base em sua comunicação.

“Ela foi chutada no estômago, mas ela foi chutada no estômago bem depois - quando ela passou pelo primeiro posto de controle por horas, esperando que as pessoas no ponto sul supostamente viessem buscá-la”, disse Issa.

De acordo com o relatório, o casal nunca conseguiu entrar em um dos voos de evacuação; antes da partida do C-17, não havia civis americanos nos últimos cinco voos para partir.

“Não foi até que ficou claro que eles tinham fechado, eles não iam levar ninguém por um bom tempo, que finalmente ela aceitou que teria que voltar e se esconder em seu apartamento”, acrescentou o congressista.

Issa disse que a mulher fez “várias viagens” ao aeroporto.

Ele disse: “Nós concordamos que ela ficará protegida no local, escondendo sua identidade e esperando que seus amigos continuem a trazer comida para ela e a manter seu segredo até que, francamente, possamos encontrar algo novo”.

Ao falar à nação na terça-feira, Biden admitiu que estava deixando dez por cento dos americanos, que os Estados Unidos pretendiam evacuar, no país agora controlado por uma organização jihadista.

Fonte

Você pode ajudar e fazer com que nosso trabalho chegue a mais pessoas clicando aqui.

 

Esta é a melhor maneira de garantir que não seremos silenciados por nos manifestarmos contra a censura e a corrupção.


ENTRE EM NOSSO CANAL e vamos
discutir no GRUPO DO TELERAM.

https://t.me/canaltribunanacional
https://t.me/tribunanacionaloficial


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »