24/08/2021 às 15h18min - Atualizada em 24/08/2021 às 15h18min

Mais de 32.000 pessoas morrem no Brasil após as vacinas COVID-19, de acordo com o relatório oficial da mídia

Apesar dessas altas quantidades de mortes após a vacinação, o relatório afirma: “A vacinação ainda é a melhor forma de controlar a doença.”

Lucas Silva
healthimpactnews.com
Enfermaria COVID-19 em um hospital de Londrina, Brasil. Idosos são freqüentemente hospitalizados após duas doses da vacina COVID- 19 - Fonte: healthimpactnews.com

Segundo fontes do healthimpactnews.com, relatos oficiais da mídia afirmando que durante um período de 5 meses, mais de 32.000 pessoas morreram no Brasil após uma injeção de COVID-19.

Atualmente no Brasil, as seguintes vacinas estão autorizadas para uso: AstraZeneca / Oxford, Pfizer / BioNTech, Coronavac (também denominado Sinovac), J & J / Janssen e Butanvac.

A reportagem foi publicada no uol.com.br , que supostamente tem quase o mesmo número de visualizações de página do CNN.com, de acordo com dados da SimilarWeb. É tão grande que ICANN deu seu próprio domínio: .uol.

Apesar dessas altas quantidades de mortes após a vacinação, o relatório afirma:

“A vacinação ainda é a melhor forma de controlar a doença.”

Mas mesmo esses casos de mortes após as injeções de COVID-19 podem ser subnotificados, como a agência de notícias estadual do país informou em julho que no pequeno estado do Distrito Federal, pelo menos 711 morreram após tomar a primeira vacina experimental, enquanto outras 263 pessoas morreu após tomar duas doses das vacinas experimentais. Fonte .)

Relatórios da agência de notícias estadual do Brasil:

A vacinação não impede a reinfecção ou a evolução para quadros mais graves, incluindo a morte. Portanto, o secretário de Saúde destacou a importância de manter as medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

“Estamos sempre alertando as pessoas para usarem máscaras, lavar as mãos, usar álcool gel e evitar aglomerações. Mesmo se formos vacinados, podemos adquirir o vírus e ter complicações ”, declarou. Fonte .)

Veja também:

+
França à beira da revolução, pois as famílias estão impedidas de comprar alimentos sem 'passaportes COVID'

+21.766 MORTOS com mais de 2 milhões de feridos (50% GRAVES) relatados no banco de dados da União Europeia de reações adversas a medicamentos para injeções de COVID-19
 

Você pode ajudar e fazer com que nosso trabalho chegue a mais pessoas clicando aqui.
 

Esta é a melhor maneira de garantir que não seremos silenciados por nos manifestarmos contra a censura e a corrupção.


ENTRE EM NOSSO CANAL e vamos
discutir no GRUPO DO TELERAM.

https://t.me/canaltribunanacional
https://t.me/tribunanacionaloficial

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »