29/06/2021 às 10h46min - Atualizada em 29/06/2021 às 10h46min

17 de Tammuz: os sacerdotes treinam para a oferta de sacrifício ‘Tamid’ para o serviço do 3º Templo

O dia 17 de Tamuz comemora a violação dos muros de Jerusalém antes da destruição do Segundo Templo em 70 EC.

Lucas Silva
ultimosacontecimentos.com.br
Enquanto os Judeus de todo mundo jejuam no domingo.
17 de Tammuz: os sacerdotes treinam para a oferta de sacrifício 'Tamid' para o serviço do 3° Templo.
O mundo está sendo preparado para receber o anticristo.


Enquanto os judeus de todo o mundo jejuavam no domingo, o 17º dia do mês hebraico Tammuz, um grupo de menos de 50 pessoas se reuniu em Mitzpe Jericho para testemunhar uma simulação do Korban Tamid, o sacrifício duas vezes ao dia realizado no templo.

O dia 17 de Tamuz comemora a violação dos muros de Jerusalém antes da destruição do Segundo Templo em 70 EC. É também o dia em que a tradição judaica ensina que Moisés destruiu as duas tábuas dos Dez Mandamentos depois de descer do Monte Sinai e descobrir os Filhos de Israel envolvidos no Pecado do Bezerro de Ouro.

 

O PROFETA ZACARIAS PREDIZ

O jejum em Tamuz, o quarto mês do calendário hebraico, é mencionado pelo Profeta Zacarias, que prediz que na era messiânica, passará de um dia de austeridade para um dia de celebração:
 

Assim disse o Senhor dos Exércitos: O jejum do quarto mês, o jejum do quinto mês, o jejum do sétimo mês e o jejum do décimo mês se tornarão ocasiões de alegria e alegria, festivais felizes para a Casa de Yehuda; mas você deve amar a honestidade e a integridade. Zacarias 8:19
 


Várias tragédias se abateram sobre o povo judeu no dia 17 de Tamuz, mas uma que se destaca foi a cessação do Tamid Korban durante o período de três anos, quando Jerusalém estava sob cerco pelo rei babilônico Nabucodonosor antes da destruição do Templo.

Como tal, os movimentos do Templo escolheram aquele dia para realizar uma reconstituição do serviço Korban Tamid em Mitzpeh Yericho, onde um altar de tamanho real foi erguido para tais eventos. Um modelo de madeira do altar de ouro usado para incenso também foi erguido. O evento foi realizado no final da tarde, próximo ao pôr do sol, quando o sacrifício diário da noite foi trazido.

 

UMA RECONSTITUIÇÃO COMPLETA, INCLUINDO A MATANÇA DE CORDEIRO

Rabino Baruch Kahane, que serve como Kohen Gadol (Sumo Sacerdote) em muitas das encenações, insistiu que uma encenação completa, incluindo o abate do cordeiro e o arranjo de suas peças, só ocorreria se o complemento mínimo de 15 sacerdotes estivesse presente. Infelizmente, este não foi o caso, então o Rabino Kahane não estava presente. Um cordeiro foi incluído para fins ilustrativos, mas não foi abatido.

Visto que o rei Davi estabeleceu o altar no Monte do Templo, os judeus só podem trazer sacrifícios reais para aquele local. Os rituais só podem ser realizados por Kohanim, descendentes masculinos do sacerdote Aaron. Embora todo Israel seja considerado ritualmente impuro, os sacrifícios públicos com prazo determinado, como o Korban Tamid, podem ser levados a um estado de impureza ritual. Os implementos necessários para o serviço estão prontos e a única coisa que impede o início do serviço do Templo é a objeção do governo israelense aos rituais judaicos sendo realizados no Monte do Templo.

O rabino Mordechai Persoof, chefe do Centro Educacional Mikdash, ajudou a organizar o evento. Ele explicou que um כבס (keves, cordeiro) deve ter menos de um ano de idade e, como a palavra hebraica indica, é do sexo masculino. O rabino Persoff também observou que, para ser usado como um sacrifício, o cordeiro deve estar sem mancha e, uma vez que o cordeiro usado para a demonstração tinha a etiqueta de identificação do governo, ele foi desqualificado para uso como um sacrifício real.

 

UM “PUXÃO DE ALMA ANIMALESCO”

 

 

“Quando um homem peca, é sua alma animalesca que o puxa”, disse o rabino Persoff. “Quando um judeu traz uma oferta pelo pecado, ele coloca as mãos na cabeça do animal e pressiona. Por meio dos sacrifícios, reconhecemos nossa natureza animal. Mas também demonstramos nossa intenção de superar essa natureza animal, para mostrar que temos o dever de nos dedicar totalmente ao serviço de Deus”.


O rabino Persoff enfatizou que o Korban foi oferecido pelos sacerdotes em uma área do Templo que era inacessível para as outras tribos, mas os representantes das tribos deveriam estar presentes.

O ritual foi então demonstrado sem qualquer dano ao cordeiro. Um vaso especial para coletar o sangue era enchido com água colorida e as borrifadas apropriadas no altar eram realizadas.



Josh Wander, correspondente do Israel365 News, ficou impressionado com o comparecimento.

“Cerca de 49 pessoas compareceram em um dia de jejum e resistiram ao calor para participar”, disse Wander. Wander observou que durante o total de 830 anos que os dois templos permaneceram, o ritual do sacrifício Tamid só foi interrompido duas vezes quando os templos foram destruídos. “Há uma tradição do Rabino Elijah ben Solomon Zalman (um estudioso da Torá do século 18 conhecido como Vilna Gaon) de que depois que o serviço do Templo for reiniciado pela terceira vez, ele nunca será interrompido novamente.”


‘CADA RECONSTITUIÇÃO CHEGA MAIS PERTO’


Rabino Hillel Weiss, o ex-porta-voz do Sinédrio, esteve envolvido com essas reconstituições do Templo por muitos anos.
 

“Cada reconstituição se aproxima, nos ensina mais do que precisamos saber para trazer de volta o culto para sempre”, disse o rabino Weiss. “Mas cada reconstituição se torna ainda mais difícil, levantando obstáculos sem precedentes.”


Ele observou que a reconstituição anual da Páscoa, o destaque do ano, foi cancelada duas vezes devido à pandemia.
 

“À medida que mais pessoas apóiam os eventos, isso gera oposição política e espiritual”, disse o rabino Weiss. “Tecnicamente, poderíamos subir ao Monte do Templo agora mesmo e começar o culto. Todos os elementos necessários estão prontos. Estamos preparando várias opções para cada elemento para que isso seja possível. Mas não é nossa intenção fazer uma declaração política provocativa. O Templo é a fonte de paz, não de conflito. Nossa única intenção é realizar a profetizada Casa de Oração para todas as nações.”


+VARIANTE DELTA: “A culpa é do vacinado, mas vão te dizer o contrário. Vacinas durante a pandemia reforçam o vírus" - Dr. Edgardo Azzolini
+COVID, IVERMECTINA E O CRIME DO SÉCULO
+Reino Unido apresentará o 'imposto sobre a carne' e tornará todos veganos

ENTRE EM NOSSO CANAL e vamos
discutir no GRUPO DO TELERAM.

https://t.me/canaltribunanacional
https://t.me/tribunanacionaloficial


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »