16/06/2021 às 19h02min - Atualizada em 16/06/2021 às 19h02min

Aproximadamente 200.000 pessoas nos EUA morreram de coronavírus antes dos primeiros cinco meses de Joe Biden no cargo

Estima-se que 202.401 pessoas morreram nos Estados Unidos devido a complicações do coronavírus, pouco antes dos primeiros cinco meses de Biden na Casa Branca.

Lucas Silva
breitbart
Aproximadamente 200.000 pessoas nos Estados Unidos morreram de complicações decorrentes do coronavírus chinês antes dos primeiros cinco meses de mandato do presidente Joe Biden, mais da metade das mortes por coronavírus vistas durante o mandato do ex-presidente Donald Trump na Casa Branca.

Estima-se que 202.401 pessoas morreram nos Estados Unidos devido a complicações do coronavírus, pouco antes dos primeiros cinco meses de Biden na Casa Branca. O número de mortos em todo o país - que era de 397.611 quando Biden assumiu o cargo - já ultrapassou 600.000 mortes, elevando esse número para aproximadamente 600.012, de acordo com estatísticas fornecidas pela Universidade Johns Hopkins.


Além disso, um estudo recente conduzido pela mundialmente renomada Cleveland Clinic sugere que os sobreviventes do coronavírus são tão protegidos quanto aqueles que foram vacinados - já que o estudo descobriu que eles apresentam imunidade duradoura contra o vírus.

Além disso, aqueles que já foram infectados com o vírus “provavelmente não se beneficiarão” de uma vacinação contra o coronavírus, disse o estudo da Cleveland Clinic.

 

+Começou A Resistência Global Contra A Tirania COVID

+A HIDROXICLOROQUINA é vítima de uma fraude acadêmica, afirma Dr. McOullough no Senado americano

+China ameaça guerra nuclear, ampliando arsenal em caso de 'confronto intenso' com os EUA



ENTRE EM NOSSO CANAL e vamos
discutir no GRUPO DO TELERAM.

https://t.me/canaltribunanacional
https://t.me/tribunanacionaloficial

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »