01/06/2021 às 15h33min - Atualizada em 01/06/2021 às 15h33min

O programa de vacinação para Coronavírus é que está criando as variantes, afirma vencedor do prêmio Nobel Luc Montagnier

O Prof. Luc Montagnier disse que os epidemiologistas sabem, mas são “silenciosos” sobre o fenômeno, conhecido como “Aumento Dependente de Anticorpos”

Lucas Silva
rairfoundation.com

Embora se saiba que os vírus sofrem mutação, causando variantes, o virologista francês e ganhador do Prêmio Nobel Luc Montagnier afirma que “é a vacinação que está criando as variantes”.

Prêmio Nobel de 2008 fez comentários explosivos como parte de uma entrevista maior com Pierre Barnérias da Hold-Up Media no início deste mês. O clipe foi traduzido exclusivamente para a RAIR Foundation USA e é bastante condenatório para o establishment de esquerda movido por agendas.

Leia: Prêmio Nobel Luc Montagnier - adverte que a vacina da Covid pode levar a 'doenças neurodegenerativas' (vídeo)

Conforme relatado no RAIR em abril do ano passado, o Prof. Montagnier apresentou um caso poderoso de que o coronavírus foi criado em um laboratório. Seus comentários na época ofenderam tanto o establishment de esquerda que eles tentaram agressivamente desacreditar sua declaração. Agora, a mídia está retrocedendo na origem do coronavírus depois que cientistas proeminentes pediram um exame mais aprofundado.

As vacinas estão criando as variantes

O Prof. Montagnier referiu-se ao programa de vacinação para o coronavírus como um “erro inaceitável”. A vacinação em massa é um “erro científico e também médico”, disse ele. “É um erro inaceitável. Os livros de história mostrarão isso, porque é a vacinação que está criando as variantes ”, continuou o Prof. Luc Montagnier.

O virologista de destaque explicou que “existem anticorpos, criados pela vacina”, forçando o vírus a “encontrar outra solução” ou morrer. É aqui que as variantes são criadas. São as variantes que “são uma produção e resultam da vacinação”.

Aumento Dependente de Anticorpo

O Prof. Montagnier disse que os epidemiologistas sabem, mas são “silenciosos” sobre o fenômeno, conhecido como “Aumento Dependente de Anticorpos” (ADE). Nos artigos que mencionam o ADE, as preocupações expressas pelo Prof. Montagnier são afastadas. “Os cientistas dizem que o ADE praticamente não é um problema com as vacinas COVID-19”, relatou um artigo no Medpage Today em março.

O Prof. Montagnier explicou que a tendência está acontecendo em “cada país” onde “a curva de vacinação é seguida pela curva de óbitos”.

O argumento do ganhador do Prêmio Nobel é enfatizado por informações reveladas em uma carta aberta de uma longa lista de médicos à Agência Europeia de Medicamentos. A carta afirmava em parte que "tem havido inúmeros relatos da mídia de todo o mundo sobre lares de idosos atingidos pelo COVID-19 dias após a vacinação dos residentes".

No início deste mês, o RAIR relatou uma declaração da virologista francesa Christine Rouzioux:

“… O aumento de novos casos está ocorrendo em pacientes vacinados em lares de idosos em 'Montpellier, no Sarte, em Rheims, no Mosela…”

O Prof. Luc Montagnier continuou a dizer que está fazendo seus próprios experimentos com aqueles que foram infectados com o coronavírus após receber a vacina. “Vou mostrar a vocês que eles estão criando as variantes que são resistentes à vacina”, disse ele.

Assista ao clipe (transcrito abaixo):





[PERGUNTAS EM NEGRITO]

Se olharmos a curva da OMS, desde o início das vacinações em janeiro, a curva de novas infecções (contaminação) explodiu, junto com os óbitos.

Principalmente entre os jovens.

-Sim. Com tromboses, etc.

Como você vê o programa de vacinação em massa? Vacinação em massa comparada a tratamentos que funcionam e não são caros.

- É um erro enorme, não é? Um erro científico e também um erro médico. É um erro inaceitável. Os livros de história mostrarão isso, porque é a vacinação que está criando as variantes.

—Para o vírus da China, existem anticorpos, criados pela vacina. O que o vírus faz? Ele morre ou encontra outra solução?

—As novas variantes são uma produção e resultam da vacinação. Você vê em cada país, é a mesma coisa: a curva de vacinação é seguida pela curva de óbitos.

- Estou acompanhando de perto e estou fazendo experiências no Instituto com pacientes que adoeceram com Corona depois de serem vacinados. Vou mostrar que eles estão criando as variantes que são resistentes à vacina.

Devemos vacinar durante uma pandemia?

—Isso é impensável.

- Ficam calados ... muita gente sabe disso, os epidemiologistas sabem.

—São os anticorpos produzidos pelo vírus que permitem que uma infecção se torne mais forte.

- É o que chamamos de realce dependente de anticorpos, o que significa que os anticorpos favorecem uma determinada infecção. O anticorpo se liga ao vírus, a partir desse momento ele tem os receptores, os anticorpos, nós os temos no macrófago etc.

- Ele cutuca o vírus e não por acidente, mas pelo fato de estarem ligados aos anticorpos.

—É claro que as novas variantes são criadas por seleção mediada por anticorpos devido à vacinação. OK?


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »