03/05/2021 às 17h00min - Atualizada em 03/05/2021 às 17h00min

Manifestações no dia do trabalhador mostram força do conservadorismo no Brasil

Atos ocorreram em todas as capitais do Brasil e em algumas cidades do interior e do litoral

Da Redação
Milhares de pessoas vestidas de verde e amarelo saíram às ruas em protestos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro no último dia primeiro, em que é comemorado o Dia Mundial do Trabalho. Além do apoio ao presidente, os manifestantes também criticaram, com cartazes, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e as medidas arbitrárias de confinamento de prefeitos e governadores.

Os manifestantes também pediram a aprovação do voto impresso, que atualmente conta com uma campanha para a sua promoção liderada pela deputada Bia Kicis, presidente da CCJ, que vem trabalhando no Congresso pela aprovação da impressão de cédula na urna eletrônica.

Os protestos ocorreram principalmente nas capitais brasileiras, no entanto, cidades do interior e litoral também registraram manifestações, como Campinas, Franca, Rio Claro, Santos etc. Dentre todas as cidades, São Paulo e Rio de Janeiro se destacaram com milhares de pessoas na Avenida Paulista e na praia de Copacabana, pontos tradicionais de manifestações políticas dessas cidades.

Em São Paulo, houve a participação da deputada Carla Zambelli, do ex-senador Magno Malta, que criticou a CPI da pandemia, do ex-deputado Roberto Jefferson, dentre outras figuras do meio conservador. Magno Malta fez críticas à CPI da Covid-19 instaurada no Senado por ordens do ministro Luís Roberto Barroso, do STF, e disse que a CPI deveria investigar a China, que é a grande responsável pela pandemia.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »