20/04/2021 às 22h24min - Atualizada em 20/04/2021 às 22h24min

Brasil inaugura fábrica de Tecnologia 5G pioneira em toda a América Latina

A tecnologia promete maior velocidade de internet e vai ocupar a faixa que hoje é usada para transmitir sinal de TV aberta para quem tem antena parabólica.

Cristina Barroso
CBN
(REPRODUÇÃO)
E o Brasil surpreende o mundo mais uma vez!

A unidade da Ericsson em São José dos Campos inaugurou a primeira linha de sua produção de placas 5G. A planta do Vale do Paraíba será pioneira em toda a América Latina na produção desta tecnologia. O início dos trabalhos contou com a presença do ministro das comunicações, Fábio Faria, na última sexta-feira (19). A empresa detém uma fatia de mais de 52% em tecnologias móveis no Brasil.

Além de atender a demanda do país, a unidade da Ericsson em São José fabricará a placa para outros países. A tecnologia proporcionada pelo 5G permitirá uma velocidade mais rápida de internet e ocupará a faixa de transmissão do sinal de TV aberta para usuários de antena parabólica. A iniciativa, segundo a empresa, “mostra o compromisso com ‘ambições 5G’ do Brasil, que serão fundamentais para o desenvolvimento econômico, social e estratégico do País na era da digitalização”. 

O Ministério das Comunicações também anunciou na visita que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) entregou ao Tribunal de Contas da União (TCU) o edital do ‘Leilão do 5G’, com o valor estimado das radiofrequências necessário para o encaminhamento do processo. A Anatel também indicou o montante que as operadoras vencedoras do leilão deverão investir em conectividade no país como contrapartida pelo direito de uso do 5G. 
O leilão está previsto para ocorrer em julho. O ministro Fábio Faria e outros membros do ministério finalizaram, em fevereiro, uma missão internacional para conhecer países que detém a nova tecnologia, como é o caso da Suécia, país de origem da Ericsson. A expectativa, segundo Fábio Faria, é ver, na prática, o Brasil sendo o primeiro país abaixo da linha do Equador a produzir a tecnologia para todo o continente.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »