19/04/2021 às 19h56min - Atualizada em 19/04/2021 às 19h56min

‘Vacinas’ mRNA podem produzir PRIONS que “comem seu cérebro” como a doença da Vaca Louca

O estudo diz que as vacinas experimentais de mRNA da Pfizer-BioNTech e Moderna podem desencadear uma onda de mortes por doença de príon “zumbi”, conhecida como “Doença da vaca louca” em humanos, que reduz a massa cerebral, causa a perda da capacidade de pensar e mover-se independentemente.

Cristina Barroso
Natural News
(REPRODUÇÃO)

 
A camada externa da proteína spike do coronavírus contém “regiões semelhantes a príons” que dão ao vírus uma adesão muito alta aos receptores ACE2 no corpo humano. Isso foi documentado por um estudo intitulado “SARS-CoV-2 Prion-like Domains in Spike Proteins Enable Higher Affinity to ACE2”, publicado pelo Human Microbiology Institute :

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch
http://hmi-us.com/publications/sars-cov-2-prion-like-domains-in-spike-proteins-enable-higher-affinity-to-ace2.html


A presença e distribuição única de domínios semelhantes a príons nos domínios de ligação ao receptor SARS-CoV-2 da proteína spike é particularmente interessante, uma vez que, embora as proteínas SARS-CoV-2 e SARS-CoV S compartilhem o mesmo receptor de célula hospedeira, enzima conversora de angiotensina 2 (ACE2), SARS-CoV-2 demonstra uma afinidade 10 a 20 vezes maior para ACE2.

As injeções experimentais [pseudo vacinas] de mRNA atua sequestrando as células do seu corpo e fazendo com que produzam proteínas modeladas a partir das proteínas de pike no coronavírus SARS-cov-2. Uma vez que essa estrutura inclui regiões semelhantes a príons, erros aleatórios nas sequências de mRNA – que podem ser truncados pelo sistema imunológico humano antes de atingirem os ribossomos nas células – podem fazer com que os receptores da vacina de mRNA produzam príons em seus próprios corpos.

O risco disso foi avaliado pelo Dr. J. Bart Classen, autor de um artigo na Microbiologia e Doenças Infecciosas : 
“Covid-19 RNA Based Vaccines and the Risk of Prion Disease”. 
Você pode ver o texto do estudo neste link :
https://carterheavyindustries.files.wordpress.com/2021/02/covid19-rna-based-vaccines-and-the-risk-of-prion-disease-1503.pdf

Esse estudo conclui: “Os resultados indicam que o RNA da vacina tem sequências específicas que podem induzir o TDP-43 e o FUS a se dobrarem em suas confirmações de príons patológicos.”
Também explica:
O dobramento de TDP-43 e FUS em suas confirmações de príon patológicas é conhecido por causar ALS, degeneração lobar temporal frontal, doença de Alzheimer e outras doenças degenerativas neurológicas.

A Clínica Mayo afirma que a CJD, doença causada por príons, é 100% fatal e não tem tratamento . Alguns dos sintomas da CJD (doença do príon) descritos pela Mayo Clinic incluem:
Sintomas semelhantes aos de derrame
Dificuldade em falar
Confusão mental
Movimentos estranhos

Os “EFEITOS COLATERAIS” das injeções mRNA da Pfizer-BioNTech:
Outros sintomas incluem mudanças emocionais, uma perda acentuada da função cognitiva e aparentes mudanças de personalidade. Tudo termina em morte. Uma vez que os sintomas do príon são evidentes, já é tarde demais. Não há tratamento e nem reversão possível.
As vacinas de mRNA podem desencadear uma onda de mortes por doença de príon “zumbi”, conhecida como “Doença da vaca louca” em humanos (CJD)
Por causa dos mecanismos revelados acima, existe a possibilidade de que as vacinas de mRNA possam desencadear uma onda de doenças neurológicas nos próximos anos `frente para àqueles que receberam as injeções experimentais de mRNA da Pfizer-BioNTech e Moderna.

As vítimas dessa doença de príon parecem ter Alzheimer de início rápido, demência ou declínio cognitivo. Essa condição pode afetar milhões ou mesmo dezenas de milhões de pessoas apenas nos Estados Unidos. Esta onda de doença do príon transformaria, de certa forma, as pessoas em “zumbis”, pois os príons “comem seus cérebros”
Os príons não “comem” cérebros, mas destroem as células cerebrais de forma morfológica.
Toda a mídia  insiste que isso é impossível. Eles dizem que os príons não podem ser criados por vacinas de mRNA. Então, novamente, esses são os mesmos meios de comunicação perigosamente falsos, enganosos e deliberadamente desonestos que atualmente afirmam que o coronavírus não foi desenvolvido em um laboratório chinês, e simultânea e falsamente afirmam que ninguém morreu por causa das vacinas covid-19.

Portanto, a mídia  tem credibilidade zero e é conhecida por mentir e manipular para encobrir os crimes e falhas de segurança do produto da indústria de vacinas. O fato de que os meios de comunicação corporativos pre$$titutes afirmam que as vacinas de mRNA não podem causar príons provavelmente significa que sim elas podem .

A CNBC já está relatando que 1 em cada 3 “sobreviventes” covid agora tem um transtorno mental . 
Essas pessoas são pós-vacina? Ou isso tem mais a ver com a depressão causada pelos bloqueios, distanciamento e as focinheiras?  Alguns dos resultados mentais já documentados incluem demência e transtornos de ansiedade.
Uma misteriosa doença que destrói o cérebro também foi documentada no Canadá , demonstrando sintomas semelhantes aos do príon, como “perda de memória, alucinações e atrofia muscular”. Os médicos de lá descartaram o CJD, no entanto, mas ainda não encontraram a causa.
 
Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões
 
“Parece duvidoso se, de fato, apolítica de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932].  Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ” – Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 



Em fevereiro de 2019, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos publicou uma estranha história em quadrinhos intitulada “Pandemia Zumbi“. Curiosamente, em primeiro lugar, essa história só foi publicada um ano antes do início da falsa pandemia. A história basicamente fala de um vírus que transforma pessoas em zumbis. O CDC colocou essa história na seção “Preparação para zumbis”.


Alguém se pergunta por que diabos alguém iria se preparar para o cenário aparentemente surreal de pessoas se tornando zumbis.
Agora vamos considerar outro fato. Em janeiro passado, o Dr. Bart Classen publicou um estudo científico sobre as doenças neurogenerativas que as vacinas de mRNA podem causar em humanos chamado: 
“Covid-19 RNA Based Vaccines and the Risk of Prion Disease”.
https://carterheavyindustries.files.wordpress.com/2021/02/covid19-rna-based-vaccines-and-the-risk-of-prion-disease-1503.pdf

O estudo diz que as vacinas experimentais de mRNA da Pfizer-BioNTech e Moderna podem desencadear uma onda de mortes por doença de príon “zumbi”, conhecida como “Doença da vaca louca” em humanos, que reduz a massa cerebral, causa a perda da capacidade de pensar e mover-se independentemente.
Basicamente, com essa doença, as pessoas enlouquecem e morrem.
Era esse o cenário de “preparação para zumbis” de que o CDC estava falando? De qualquer maneira, um fato parece certo. As instituições globais estavam perfeitamente cientes da chegada de uma falsa pandemia precisamente porque foram as mesmas que a prepararam.

O império Rockefeller, em conjunto com o Chase Manhattan Bank (agora JP Morgan Chase), possui mais da metade das participações farmacêuticas nos Estados Unidos. É o maior conglomerado de medicamentos do mundo. Desde a Segunda Guerra Mundial, a indústria farmacêutica obteve lucros crescentes e se tornou a segunda maior indústria manufatureira do mundo, depois da indústria de armamentos.


O pesquisador Allan Watts definiu originalmente “programação preditiva” da seguinte forma:
“A programação preditiva é uma forma sutil de condicionamento psicológico fornecido pela mídia para informar o público sobre as mudanças sociais planejadas a serem implementadas por nossos líderes. Se e quando essas mudanças forem realizadas, o público já estará familiarizado com elas e as aceitará como progressões naturais, diminuindo assim a possível resistência e comoção do público.”  

Programação preditiva é o que a cabala bancária globalista vem fazendo há várias décadas condicionando as massas com milhares de filmes, séries e livros que narram a destruição da humanidade principalmente por vírus mortais e invasões alienígenas.
É um condicionamento mental a longo prazo para que você fique com medo irracional de algo misterioso e fora de controle. Por que tantas pessoas aceitaram facilmente a falsa pandemia do Covid? Quantos filmes e séries já foram feitos sobre vírus mortais desencadeando um apocalipse zumbi? Isso é programação preditiva, ou seja, condicionamento psicológico.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »