29/03/2021 às 18h08min - Atualizada em 29/03/2021 às 18h08min

Advogado-geral da União pede demissão e deixa governo

José Levi estava no carago desde abril

Da Redação
O AGU José Levi | Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
O advogado-geral da União (AGU), José Levi, também pediu demissão do cargo nesta segunda-feira (29). Em nota divulgada, Levi diz ao presidente que pede exoneração "com o meu mais elevado agradecimento pela oportunidade".

Levi assumiu durante a dança das cadeiras iniciada pelo pedido de demissão do ex-juiz Sergio Moro, então ministro da Justiça, em abril de 2020. No caso, André Mendonça, que era o Advogado-geral da União na época, assumiu a pasta da Justiça e Levi a AGU. Agora, com a AGU vazia, André Mendonça deve retornar à AGU e deixar o ministério da Justiça.

Outras baixas
O pedido de demissão do AGU ocorre após dois ministros saírem do governo: Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e Fernando Azevedo, da Defesa. Conforme noticiou o Tribuna Nacional, Ernesto deixou o cargo após pressões do legislativo para aprovar o 5g chinês, proibido em diversos países do mundo. Já Azevedo cogita-se que foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »