22/03/2021 às 13h29min - Atualizada em 22/03/2021 às 13h29min

Com lockdown e governado pelo PSDB, RS tem a pior gestão da pandemia no Sul

Medidas do governador do PSDB causaram estrago econômico e não conseguiram conter o vírus

Da Redação
O governador do RS, Eduardo Leite | Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini (reprodução)
O estado Rio Grande do Sul (RS), que é governado por Eduardo Leite (PSDB), que impôs uma série de medidas restritivas ao comércio, tem os piores números de mortos por 1 milhão de habitantes e letalidade da covid-19 da região sul.

O Tribuna Nacional fez um levantamento comparativo entre os estados brasileiros de cada região e concluiu que o RS tem 1482,69 mortos por 1 milhão de habitantes, número superior ao Paraná, que tem 1302,23, e à Santa Catarina, que tem 1309,31. Além disso, o estado gaúcho está na frente em termos de letalidade também: enquanto PR e SC têm, respectivamente, letalidade de 1,86% e 1,23%, o RS tem 2,13%.

Lockdown
O governador Eduardo Leite, que é do PSDB, mesmo partido do governador de São Paulo, João Doria, impôs uma série de medidas arbitrárias de lockdown nas últimas semanas que não tem comprovação científica. Chamada de "bandeira preta", a medida foi imposta no final de fevereiro e restringiu o funcionamento de todo o comércio do estado, com exceção apenas dos serviços de assistência social e de saúde, que podiam continuar operando com 100% dos funcionários, em horário normal, com atendimento presencial. No entanto, como demonstrado, apesar de o governador tucano ter adotado um lockdown dos mais restritivos, os números do seu estado continuam piores que Santa Catarina e Paraná.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »