15/03/2021 às 20h28min - Atualizada em 15/03/2021 às 20h28min

O cardiologista Marcelo Queiroga será anunciado o novo ministro da Saúde nesta terça-feira (16)

A informação foi confirmada por fontes do Palácio do Planalto após reunião entre o médico e o presidente Jair Bolsonaro na tarde desta segunda-feira (15).

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
O cardiologista Marcelo Queiroga pode ser anunciado como novo ministro da saúde nesta terça-feira (16).
A informação foi confirmada por fontes do Palácio do Planalto após reunião entre o médico e o presidente Jair Bolsonaro na tarde desta segunda-feira (15).
 
Queiroga assumirá o lugar de Eduardo Pazuello, pressionado pelas medidas adotadas durante a pandemia de Covid-19.
 
A efetivação do cardiologista deve ser publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (16).
Essa é a quarta troca no comando do ministério da saúde, a terceira durante a pandemia de coronavírus.
Em abril de 2020, o então ministro Luiz Henrique Mandetta pediu demissão após divergências com Bolsonaro nas diretrizes de combate à doença.
Em seu lugar entrou Nelson Teich, que pediu demissão um mês após assumir o cargo, dando lugar ao general da reserva e atual ministro, Eduardo Pazuello.
 
Marcelo Queiroga aceita a proposta de comandar a pasta da saúde após a recusa da cardiologista, Ludhmila Hajjar, em assumir o ministério. Hajjar era o nome mais cotado para substituir Pazuello, mas as divergências de opiniões com Bolsonaro e seus apoiadores afastaram a possibilidade.

Aos apoiadores, Bolsonaro já fez o anúncio oficial do novo titular da saúde. “Foi decidido agora à tarde a indicação do médico, doutor Marcelo Queiroga, para o Ministério da Saúde. Ele é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. A conversa foi excelente, já conhecia há alguns anos, então não é uma pessoa que tomei conhecimento há poucos dias. Tem tudo no meu entender para fazer um bom trabalho, dando prosseguimento em tudo que o Pazuello fez até hoje”, afirmou o presidente.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »