11/03/2021 às 09h57min - Atualizada em 11/03/2021 às 09h57min

Águas da transposição do rio São Francisco chegam ao Castanhão

Depois de dez dias percorrendo um caminho de 300 km entre o Cinturão das Águas e o Castanhão, as águas do Velho Chico chegam ao maior reservatório do Ceará

Da Redação
Diário do Nordeste
Açude do Castanhão | Foto: Deivyson Teixeira/Divulgação Cagece
As águas do rio São Francisco, liberadas através do Cinturão das Águas (CAC) no último dia 1º, chegaram ao açude Castanhão nesta quarta-feira (10). A barragem é responsável pelo abastecimento de cerca de 4,5 milhões de pessoas da Região Metropolitana de Fortaleza.

Antes da chegada ao Castanhão, as águas do Velho Chico, somadas as das precipitações, passaram por Jati, Missão Velha, Icó, Aurora, Lavras da Mangabeira, Jaguaribe e Jaguaribara.

De acordo com o secretário dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), Francisco Teixeira, o procedimento ocorreu de forma rápida devido às calhas dos rios estarem úmidas e com fluxo natural.

Técnicos da Cogerh fizeram o monitoramento diário desde o dia 1º. O controle do nível do açude continuará para medir a quantidade recebida pelo reservatório.

Percurso da água
Após a abertura das comportas em Jati, as águas do São Francisco percorreram, em 10 dias, 294 quilômetros do Reservatório Jati até chegar ao Castanhão. Com uma vazão de 8 mil litros por segundo, o recurso hídrico passou pelo leito do Riacho Seco e depois pelo Rio Batateiras, que desce do Crato.

Na sequência, seguiu pelo Rio dos Porcos e, depois, pelos rios Salgado e Jaguaribe até chegar ao Castanhão.

O Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, que inclui o CAC, tem 260 quilômetros de extensão, três estações de bombeamento (EBI 1, 2 e 3), 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis.

Todas as estruturas responsáveis pela passagem de água até o Reservatório Caiçara estão concluídas, restando apenas a recuperação da tubulação em Atalho e outros serviços complementares que não comprometem a pré-operação. O total de execução física do trecho é 97,7%.

Projeto São Francisco
O Projeto de Integração do Rio São Francisco soma 477 quilômetros de extensão e é o maior empreendimento hídrico do País.

Quando todas as estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas em 390 municípios de Pernambuco, da Paraíba, do Ceará e do Rio Grande do Norte.

O Eixo Leste, com 217 quilômetros de extensão, está em funcionamento desde 2017 e abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 cidades pernambucanas e paraibanas. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »