05/03/2021 às 14h48min - Atualizada em 05/03/2021 às 14h48min

Apesar de protestos, Doria vai manter fase vermelha

Caminhoneiros se manifestaram contra as medidas de isolamento em São Paulo

Da Redação
Revista Oeste
O governador de SP, João Doria | Foto: governo de SP/reprodução
Alvo de manifestações de caminhoneiros, o governador de São Paulo (PSDB), João Doria, não vai recuar da decisão de fechar o Estado. Segundo a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, o governo descarta negociar flexibilizações ou mudanças no lockdown. “Não há hipótese de não ter fase vermelha. Tivemos o maior aumento de internações em leitos de UTI desde o início da pandemia. E não é somente de idosos, é de jovens, de adultos. Todos estão adoecendo e não teremos leitos para a população”, informou Ellen, em entrevista à TV Globo.

A secretária ressaltou que tem conversado com representantes de setores da economia, mas que não há como relaxar a fase vermelha nas próximas duas semanas. “Não é uma discussão de flexibilização neste momento. Estamos em uma operação de guerra, uma guerra pela vida. A discussão é: só podemos operar com o mínimo necessário para manter as cidades funcionando”, acrescentou. Ela defendeu, ainda, que as manifestações deveriam ser para pedir mais vacinas. “Se, neste momento, queremos nos manifestar, devemos nos unir e cobrar mais vacinas.”
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »