03/03/2021 às 16h25min - Atualizada em 03/03/2021 às 16h25min

Homossexualidade pode ser considerada um transtorno mental, decide tribunal chinês

Corte ratificou decisão de outro juiz, que já havia julgado o caso antes

Da Redação
New York Post
A homossexualidade pode ser considerada “um distúrbio psicológico” segundo a lei chinesa. Citando a polêmica literatura acadêmica, um tribunal da província de Jiangsu, no leste da China, decidiu que um livro que define como uma desordem o "gênero queer", isto é, pessoas que não se encaixam na heterossexualidade e na "cisgeneridade", não está errado, mas apenas tem uma visão acadêmica diferente, relatou o South China Morning Post . A decisão do Tribunal Popular Intermediário de Suqian, de segunda instância, manteve a decisão de um tribunal inferior.

Ah Qiang, porta-voz da PFLAG, um grupo de apoio à comunidade queer chinesa e suas famílias, acusou os editores do livro e os tribunais de estarem fora de contato com a cultura contemporânea.

“O editor do livro aparentemente usou pontos de vista que não correspondem à percepção da sociedade sobre as minorias sexuais hoje”, disse Ah em um comunicado.

Oficialmente, a homossexualidade foi descriminalizada na China em 1997 e deixou de ser classificada como doença mental em 2001 - com exceção dos homossexuais que são particularmente atormentados por sua sexualidade, de acordo com a Classificação Chinesa de Transtornos Mentais. No Ocidente, a homossexualidade foi retirada da lista de doenças mentais na década de 90 pela OMS.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »