25/02/2021 às 21h13min - Atualizada em 25/02/2021 às 21h13min

Argentina: para tirar a carteira de motorista você terá que fazer um curso sobre feminismo, violência de gênero e patriarcado

A partir de agora, se você precisar de carteira de motorista na Argentina, terá que fazer um curso sobre questões de gênero. O anúncio foi feito pela Agência Nacional de Segurança Viária (ANSV) ao Diário Oficial do país.

Cristina Barroso
El Periodista
(REPRODUÇÃO)
Esta nova disciplina se soma às usuais que incluem conhecimentos sobre direção e habilidades psicofísicas. Agora, as pessoas serão convidadas a passar em um teste relacionado a masculinidades, patriarcado, feminicídios, acesso e participação da mulher no setor de transporte, entre outros temas.

“Entende-se que é necessário incorporar na disciplina obrigatória para a concessão da Carteira Nacional de Habilitação um módulo que contemple o tema em questão. Igualdade e deslegitimação da violência contra a mulher na direção e tudo o que estiver ao seu redor que será promovido”.

O novo regulamento esclareceu que os conteúdos obrigatórios para a obtenção da carteira de habilitação na Argentina são "gênero, papéis e estereótipos, identidade de gênero, violência de gênero, tipos e modalidades de violência".

Além dos já mencionados, serão incluídos tópicos sobre recursos, ferramentas e formas de abordagem da violência na direção de veículos motorizados e no transporte.

Da ANSV eles garantiram que nas próximas semanas o material estará preparado para incluí-lo no processo de quem deseja tirar a carteira de habilitação
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »