10/02/2021 às 12h41min - Atualizada em 10/02/2021 às 12h41min

Doria pede afastamento de Aécio Neves do PSDB

Embate entre o governador de São Paulo e o deputado federal por Minas ganhou um novo capítulo nessa semana

Vinicius Mariano
O deputado federal Aécio Neves, à esquerda, e o governador João Doria, à direita | Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados e José Cruz/Agência Brasil
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu, na última segunda-feira (8), o afastamento do deputado federal Aécio Neves do partido durante reunião com membros e líderes do PSDB. O pedido ocorreu porque Doria atribuiu a Aécio um movimento que rachou a bancada do PSDB na eleição à Câmara dos Deputados, na semana passada, quando o partido apoiava Baleia Rossi (MDB-SP), candidato de Rodrigo Maia (DEM-RJ), que foi derrotado por Arthur Lira (pp-AL) por uma maioria esmagadora de 302 votos contra 145.  No entanto, Aécio nega ter atuado a favor de Lira, candidato apoiado formalmente pelo presidente Jair Bolsonaro.

Não é de hoje que Doria e Aécio têm tido embates dentro da sigla. Em 2019, houve um pedido de expulsão de Aécio do partido, mas o tucano conseguiu escapar com 33 votos a seu favor e apenas 3 contra, mostrando que ainda tem poder e influência dentro do partido. Após isso, Doria afirmou que o “velho PSDB esconde sujeiras” e que iria “até o fim” para expulsar Aécio, que é investigado na Lava-Jato.

Após a reunião de Doria na segunda, Aécio soltou uma nota dizendo que Doria é "oportunista" e que "o PSDB não tem dono", numa crítica de Aécio a Doria, que segundo o deputado, está tentando se tornar presidente da sigla, que atualmente é comandada por Bruno Araújo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »