05/02/2021 às 21h16min - Atualizada em 05/02/2021 às 21h16min

Debora Diniz acusa Bolsonaro de "perseguir pedófilos"!!!

Por isso armas e pedófilos estão na mesma agenda: o patriarca espalha o pânico para justificar seu abuso de poder. Inclusive de ser ele mesmo um violentador sexual de crianças ou mulheres

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
A ativista de esquerda e antropóloga Débora Diniz, professora da Universidade de Brasília (UnB), foi criticada nas redes sociais após denunciar uma “perseguição a pedófilos” como uma das pautas prioritárias do governo federal no Congresso.
O comentário foi feito em sua conta do Instagram nesta quinta-feira (4), quando criticou o governo do presidente Jair Bolsonaro. A declaração gerou questionamentos de usuários da rede social.

– A pauta prioritária de Bolsonaro no Congresso Nacional tem de arma em casa e na rua para mais gente; crianças em ensino domiciliar; perseguição a pedófilos; vantagens para agronegócios até perseguição aos povos indígenas. A perversidade parece complexa, mas não é. Segue a mesma lógica paranóica [sic] do patriarca que amplifica o medo para justificar a truculência. Por isso armas e pedófilos estão na mesma agenda: o patriarca espalha o pânico para justificar seu abuso de poder. Inclusive de ser ele mesmo um violentador sexual de crianças ou mulheres – escreveu.


Débora Diniz é uma das defensoras da ADPF 442, ação no Supremo que tenta descriminalizar a interrupção da gravidez até a 12ª semana de gestação.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »