05/02/2021 às 12h11min - Atualizada em 05/02/2021 às 12h11min

Empresário é preso por prometer churrasco grátis pra quem matar João Doria em SP

Anúncio estava em um cartaz na frente da churrascaria La Casa de Parrilla, na Vila Mariana. Empresário é acusado de incitar o crime

Vinicius Mariano
O dono da churrascaria La Casa de Parrilla foi detido na última quinta-feira (4) em São Paulo por anunciar em seu restaurante “um ano de churrasco grátis pra quem matar o João Doria Jr”. No caso, o empresário poderá responder, em liberdade, por "incitação ao crime", conduta prevista no artigo 286 do Código Penal, com penas de 3 a 6 meses, ou multa. 

Como o crime do artigo 286 é considerado um crime de pequeno potencial ofensivo, o juiz pode optar por penas alternativas à prisão ou à multa a pedido do Ministério Público. Um exemplo disso são as penas de prestação de serviços à comunidade ou doação de cestas básicas.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou guerra aos comerciantes com sua quarentena desenfreada, que tem quebrado empresas e destruído empregos. Além disso, São Paulo é um dos Estados com mais mortos por 1 milhão de habitantes do Brasil .
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »