04/02/2021 às 11h58min - Atualizada em 04/02/2021 às 11h58min

Ministros do STF reagem negativamente à indicação de Bia Kicis para presidência da CCJ

Deputada, uma das mais fieis a Bolsonaro, já pediu impeachment de Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes

Vinicius Mariano
Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) não reagiram bem à indicação de Bia Kicis (PSL-DF) para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. Na avaliação de ministros, a indicação, se confirmada, “desmoralizaria” os trabalhos da comissão que cuida exatamente da legalidade de propostas, como emendas constitucionais.

Esses ministros afirmam que a interlocução da CCJ com o Judiciário ficaria inviabilizada caso Bia Kicis venha a comandar a comissão pelo fato de Bia ser uma grande crítica do STF, pois já defendeu o impeachment de ministros como Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Além disso, Bia também é crítica da forma como a pandemia é conduzida pelas teorias autoritárias que impõem quarentena e uso de máscara coercitivo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »