19/01/2021 às 18h40min - Atualizada em 19/01/2021 às 18h40min

‘Segui as recomendações do Mandetta e quase morri’, afirmou Janaina Paschoal

"O que que o ministro dizia? Fique em casa, não procure um hospital", lembrou a parlamentar

Vinicius Mariano
Revista Oeste
A deputada estadual Janaina Pachoal (PSL-SP) | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Nesta segunda-feira, 18, durante uma entrevista concedida ao canal do YouTube My News, a deputada estadual Janaina Pachoal (PSL-SP) fez críticas à imprensa e revelou que quase morreu por ter seguido as orientações dadas por Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde, para não ir ao hospital no aparecimento dos primeiros sintomas da covid-19. A parlamentar já havia falado sobre isso no programa Direto ao Ponto, da rádio Jovem Pan.

“Não tô ditando receita para ninguém”, afirmou Janaína. “O máximo que eu posso fazer é dar o meu testemunho: eu segui o Mandetta e quase morri. O que que o Mandetta dizia? Fique em casa, não procure um hospital. Foi o que eu fiz. No 16º dia de sintomas eu fui carregada, não consegui sequer andar”.

Janaina disse isso ao afirmar que a orientação dada pelo ex-ministro estava errada e que a imprensa não reconhece que o presidente Jair Bolsonaro, neste caso, estava correta. “A orientação primeira para ficar em casa estava errada, e não tem uma alma para fazer uma reflexão e assumir o erro dessa informação”, apontou Janaina. “E aí, como é o governo do Bolsonaro — e vocês são testemunhas de que eu o critico direto — querem demonizar o presidente até quando ele acerta”.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »