15/01/2021 às 09h14min - Atualizada em 15/01/2021 às 09h14min

Em vídeo, CEO do Twitter é gravado traçando roteiro para censurar Trump

Vídeo foi divulgado pelo Projeto Veritas, que vem desmascarando a censura promovida pelas Big Techs

Vinicius Mariano
Terça Livre
O Projeto Veritas lançou nesta quinta-feira (14) um vídeo fornecido por uma fonte infiltrada no Twitter, que gravou o CEO da empresa, Jack Dorsey, pedindo mais ações contra o presidente Trump e seus apoiadores na rede social.

Na gravação (veja abaixo), Dorsey disse que censurar Trump foi apenas o começo. “Estamos focados em uma conta [@realDonaldTrump] agora, mas ela será muito maior do que apenas uma conta e vai durar muito mais do que apenas este dia, esta semana e as próximas semanas, e ir além da inauguração [posse de Biden]”, disse.

“Portanto, o foco está certamente nesta conta [@realDonaldTrump] e em como ela se relaciona com a violência no mundo real. Mas também precisamos pensar em um prazo muito mais longo em torno de como essas dinâmicas atuam ao longo do tempo. Não acredito que isso vá desaparecer tão cedo”, acrescentou

Dorsey disse que as tensões políticas são altas nos Estados Unidos. “Sabe, os EUA estão extremamente divididos. Nossa plataforma está mostrando isso todos os dias”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »