08/01/2021 às 22h13min - Atualizada em 08/01/2021 às 22h13min

Dória recuou, mas o povo do campo não.

Agricultores e pecuaristas do estado resolveram manter o protesto em formato de tratoraço contra as medidas do chefe do Executivo paulista.

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
Apesar do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recuar no aumento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para insumos agrícolas, agricultores e pecuaristas do estado resolveram manter o protesto em formato de tratoraço contra as medidas do chefe do Executivo paulista.



Ontem, a Faesp (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo), que apoia o tratoraço, previa que a
manifestação ocorreria hoje em mais de 300 dos 645 municípios paulistas e contaria com apoio de "mais de 100 sindicatos rurais, associações e cooperativas”.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »