08/01/2021 às 15h33min - Atualizada em 08/01/2021 às 15h33min

Zema sanciona lei que garante vacinação não obrigatória em MG

Vacinas deverão necessariamente ter registro na ANVISA ou em alguma agência sanitária dos EUA, Europa, Japão ou China

Vinicius Mariano
O governador de MG, Romeu Zema | Foto: Omar Freire/Imprensa MG
O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), sancionou, nesta sexta-feira (8), uma lei que libera a vacinação voluntária contra a covid-19 em MG, além de gratuita, sob responsabilidade do Estado. A lei foi proposta pelo deputado André Quintão, do PT, e foi aprovada em dezembro de 2020, porém só foi sancionada agora.

Para serem aplicadas nos cidadãos mineiros, a lei sancionada pelo governador determina que as vacinas devam ter registro na ANVISA. Se não existir nenhuma vacina cadastrada na agência brasileira, o Estado deverá comprar em outros países, desde que o o medicamento tenha sido aprovado FDA (ANVISA dos EUA) ou por alguma outra agência sanitária da Europa, Japão ou da própria China.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »