03/01/2021 às 22h30min - Atualizada em 03/01/2021 às 22h30min

Juiz decreta lockdown no Amazonas pelos próximos 15 dias

Ministério Público solicitou o fechamento, contrariando o povo que foi às ruas recentemente contra o lockdown

Vinicius Mariano
A pedido do Ministério Público, a Justiça do Amazonas autorizou o fechamento de atividades não essenciais por 15 dias.

O documento foi assinado pelo juiz Leoney Figliuolo Harraquian que destacou que a decisão se deu em decorrência do número de casos e de mortes por covid-19 que vem crescente de forma significativa.

A decisão do juiz vai contra o clamor do povo do Amazonas, que saiu às ruas, em dezembro, contra a decisão do governador de decretar lockdown por necessidade de trabalhar.

Juiz responde a processo no CNJ
O juiz Leoney Figliuolo Harraquian é acusado de descumprir decisão de instância superior em processo de desapropriação de imóvel em Manaus e responde, desde 2018, a um Processo Administrativo Disciplinar no Conselho Nacional de Justiça por causa disso. 

Segundo informações do CNJ, há indícios de que Harraquian concedeu liminar que contrariaria a decisão de uma desembargadora do próprio TJ-AM que suspendia os efeitos de uma decisão anterior do juiz relativa ao mesmo processo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »