30/12/2020 às 10h52min - Atualizada em 30/12/2020 às 10h52min

Senado da Argentina aprova legalização do aborto

Na América do Sul, além da Argentina, somente Uruguai, Guiana e Guiana Francesa permitem homicídio intrauterino

Vinicius Mariano
O Senado da Argentina aprovou, nesta quarta-feira (30), o projeto de lei para legalizar o aborto no país, o qual foi aprovado pela Câmara no início do mês.

Assim, a Argentina se torna o 67º país no mundo a permitir tal procedimento, segundo dados da ONG Center of Reproductive Rights (CRR).

De acordo com o CRR, 36% da população vive em países onde o aborto por opção é uma prática dentro da lei. Cada legislação varia de acordo com o tempo em que a gravidez pode ser voluntariamente interrompida.

O projeto aprovado na Argentina permite o aborto até a 14ª semana de gestação.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »