18/12/2020 às 18h15min - Atualizada em 18/12/2020 às 18h15min

Faltando 06 dias para o Natal, jornal O Globo demite em massa.

Como a redação ainda não está funcionando de modo normal devido ao isolamento social, diversos funcionários sequer foram desligados pessoalmente; as demissões aconteceram por chamada de vídeo.

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
O ano de 2020 foi um ano atípico que preferíamos que não tivesse existido. Marcado por demissões, pandemia, prisões, soltura de presos, corrupção, eleições fraudadas,população sob tutela do medo e isolada em suas casas a espera de um milagre.
Como não poderia deixar de ser, grandes grupos corporativos também sentiram a crise financeira provocada por essa pandemia.

A Editora Globo realizou nesta terça-feira (15) uma demissão em massa de seus colaboradores. Faltando  seis dias para o  Natal, a escala dos plantões de final de ano vai ficar mais apertada para quem permanecer na empresa.
Como a redação ainda não está funcionando de modo normal devido ao isolamento social, diversos funcionários sequer foram desligados pessoalmente; as demissões aconteceram por chamada de vídeo.

As demissões em massa já acontecem há alguns anos na Editora Globo. Em maio, houve uma reunião em que um editor executivo afirmou que em 2020 seria diferente. No início da pandemia, o jornal propôs aos funcionários que quem aceitasse uma redução de jornada e de salário teria estabilidade de seis meses.O prazo terminou, e até o diretor executivo também já foi demitido.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »