14/12/2020 às 12h27min - Atualizada em 14/12/2020 às 12h27min

Presépio da Praça de São Pedro irrita os fiéis

"É horrível. Eles parecem marcianos ”.

Luiz Custodio
primatonazionale
primatonazionale
Roma, 10 de novembro - O presépio em construção na Praça de São Pedro não convence os fiéis. “É horrível” e “não dá para olhar” estão entre os comentários no Facebook para o Vaticano News, onde foram publicadas algumas fotos do presépio em construção (a inauguração, foi 11 de dezembro). A obra foi doada por Castelli, município da província de Teramo, famosa há séculos por suas cerâmicas. Presépio criado entre 1965 e 1975 pelos professores e alunos do instituto de arte “FA Grue” composto por 54 estátuas. Apenas algumas peças serão exibidas na Praça de São Pedro perto do obelisco.
 

“O presépio da Praça de São Pedro? Uma pilha de parafusos "

De acordo com a governadoria do Vaticano, no presépio existem "fortes referências à história da arte antiga, grega, suméria e egípcia" e a obra "pretende ser um sinal de esperança e confiança para o mundo todo. Ele quer expressar a certeza de que Jesus vem entre seu povo para salvá-lo e consolá-lo . Uma mensagem importada neste momento difícil devido à emergência sanitária Covid-19 ”. Uma mensagem mencionada que não foi recebida pelos cristãos. Emanuele Ricucci , chefe nacional da Cultura Identità, comenta polemicamente no Facebook : “ O novo presépio da Praça de São Pedro é uma pilha horrível de parafusos, de cabeças que não têm forma angelical ou mística. É terrível. O próprio Vaticano, 500 anos atrás, comissionou Michelangelo agora para lembrar uma sagrada família que não é sagrada nem família ”.

Entre marcianos e astronautas

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »