04/12/2020 às 16h24min - Atualizada em 04/12/2020 às 16h24min

Após vídeos de votos sendo fraudados na Geórgia, governador manda verificar assinaturas das cédulas

Fraude ocorreu no condado de Fulton e pode reverter o resultado para Trump na Geórgia

Vinicius Mariano
O presidente Donald Trump e o governador Brian Kemp - Foto: reprodução
O governador da Geórgia, Brian Kemp, convocou auditoria nas assinatura das cédulas de votos depois que Rudy Giuliani, advogado de Trump, apresentou ao Comitê do Senado da Geórgia um vídeo (veja abaixo) de pessoas tirando quatro caixas de cédulas da parte de baixo de uma mesa e contando-as depois do expediente, sem supervisores eleitorais presentes, sejam supervidores dos republicanos, sejam supervisores dos democratas.

Essa fraude aconteceu no condado de Fulton, um dos mais populosos do Estado, e estima-se que as caixas tinham aproximadamente 24 mil cédulas. A diferença de votos entre Donald Trump e Joe Biden na Geórgia, Estado fundamental para a vitória do próximo presidente, é de aproximadamente 12 mil votos, logo, a auditoria que Kemp convocou pode reverter o resultado e dar mais 16 votos a Donald Trump, que também precisaria provar as fraudes que ocorreram na Pensilvânia e pelo menos em algum outro Estado para atingir os 270 delegados no Colégio Eleitoral.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »