27/11/2020 às 16h11min - Atualizada em 27/11/2020 às 16h11min

Em vídeo, Adélio Bispo detalha por que tentou matar Bolsonaro

Em depoimento, o criminoso disse que considera o presidente um "impostor"

Vinicius Mariano
Gazeta Brasil
A revista Veja divulgou nesta sexta-feira (27) um vídeo de Adélio Bispo de Oliveira, o autor da facada contra o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral em 2018.

No depoimento, Adélio Bispo afirma que esteve próximo do vereador Carlos Bolsonaro em um clube de tiro em Florianópolis tempos antes. Porém, não havia recebido “ordem divina” para atentar contra o filho do presidente. “Eu não tinha pensado. Quando ele [Deus] disse, eu fiquei até surpreso”, disse.

No vídeo, Adélio Bispo fala que a Maçonaria é mantida com recursos do estado: 

“George Soros não passa de um laranja da maçonaria. Bill Gates não passa de um laranja da maçonaria”.

O criminoso conta que agiu por “ordem divina” e que tinha desprezo pelo então candidato porque Bolsonaro, católico, tinha se “infiltrado” no meio evangélico para angariar votos. “Ele é um impostor, meramente um impostor”, afirmou. 

Adélio Bispo permanece na Penitenciária Federal de Campo Grande. A decisão vale até o tribunal julgar o caso definitivamente.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »