23/09/2020 às 16h54min - Atualizada em 23/09/2020 às 16h41min

Não permita que sequestrem sua alma.

Claudia Ribas
Sou aquela que sempre pergunta: O que não está certo nisso tudo de errado?
Acredito que as perguntas inteligentes e sinceras colocam luz nas reflexões, podem nos tirar da zona de conforto e nos levar para o movimento necessário e determinante, ao menos para o fim do status quo.

Tem muita coisa que não está certa no meio de um monte de outras coisas erradas. Ainda terei que nascer novamente para dar continuidade à minha militância conservadora. Não desanimo diante da luta, mas tenho consciência que o mal não será expurgado do planeta em alguns anos. Se nos casos menores de obsessão reconhecemos a dificuldade da reforma moral, não é complicado compreender que limpar um planeta de um movimento satânico é tarefa equacional na conta de séculos e, vamos levar em consideração que desde o século XVIII somos manipulados.

Temos que trabalhar sem romantizar os processos e sem colocar na conta de um único homem. Parte da humanidade é desumanizada, por isso ainda vamos percorrer alguns desertos. Resta saber o quanto nos dispomos compartilhar da nossa fonte para matar a sede de boas e verdadeiras informações. Desconstruir narrativas tem sido nosso trabalho diário e uma tarefa ácida.
Na semana passada tentei trazer esclarecimento sobre dois mitos cooptados pelo sistema, a minoria absorveu a informação de forma construtiva, uma parte silenciou e uma parcela de tamanho considerado permaneceu adorando o mito T.K. (acessem o artigo de 15/09/2020). Sempre foi assim, do Coliseu ao Maracanã. As pessoas gostam da zona de conforto... assim, propositalmente ou não, retardam a evolução e dificultam a desconstrução da velha política.

Na onda Bolsonarista muitos "pseudoconservadores" surfaram: de políticos, jornalistas independentes, YouTubers, a militantes (outrora esquerdistas ferrenhos) tiveram um bom faturamento e os seus nomes em evidência - Os digitais influencers da última hora. Toda semana cai do alto da onda um traidor.

Faça uma lista daqueles que estão no auge das suas militâncias ou aparição e elabore as melhores perguntas. Anote tudo e faça um filtro. Não vai ser difícil descobrir quem é joio e quem é trigo se você realmente estiver comprometido em ser um patriota e o conservadorismos correr nas suas veias. Não tenha receio de desconstruir mitos, personagens, mentiras, ideias, doutrinas... não tenha medo de desconstruir o comunismo. Esse trabalho é nosso, não tem como terceirizar. O tempo todo, para todas as classes e idades aparecerá um guru, um artista, um político, um influenciador - cooptado pelo sistema para manipular massas, doutrinar crianças, jovens ou 'tratar' das dores existenciais - não permita que sequestrem sua alma.

Até a próxima semana!
Link
Claudia Ribas

Claudia Ribas

Professora, Gestora de Recursos Humanos, escritora, mãe, conservadora, patriota.

Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.7%
9.3%