16/04/2022 às 09h12min - Atualizada em 16/04/2022 às 09h08min

Governo Federal amplia recorde na entrega de títulos de propriedade.

Alexandre Siqueira
Com números do INCRA - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, nos últimos três anos e três meses, o governo federal entregou mais de 330 mil títulos de propriedade ao povo brasileiro, com a agenda da regularização fundiária e o programa Titula Brasil. Esse montante de títulos de propriedade rural tem em sua soma, muito mais entregas do que a executada pelo governo federal de 2011 a 2016 (133 mil), administrada pelo PT.
 
E se o governo federal, neste primeiro mandato de 4 anos, cumprir a meta de 500 mil títulos até o final da gestão, vai superar, e muito, os últimos 10 anos de (des)governança petista. Nestes 10 anos, de 2007 a 2016, o governo vermelho entregou, no total, 366,4 mil títulos.
 
Nesta semana, no dia 14 de abril, o governo cumpriu mais uma etapa do programa. Desta vez, na cidade de João Pinheiro/MG, onde foram, finalmente, entregues para famílias que esperavam há décadas pela posse de suas terras, completando mais de 8 mil títulos de propriedade rural para o estado mineiro. Um diferencial importante deste programa, é que os títulos de propriedade são colocados em nome da mãe. Uma medida que aumenta a segurança familiar.
 
Cabe ressaltar, ainda, que nos governos petistas, há processos na justiça com questionamentos para os titulares que receberam terra, para pagamentos feitos em desapropriação e compra de terras, entre outros, e especialmente, as invasões por membros do famigerado MST e os métodos utilizados.
 
E por falar em invasões... Em dezembro de 2021, a Câmara de Conciliação Agrária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) registrou no período de 2019 a 2021, 3 anos do atual mandatário do executivo, Jair Bolsonaro, um total de 24 invasões a fazendas no país. Para se ter uma ideia da drástica queda nestes números, podemos citar que nos dois mandatos do governo FHC (1995 a 202), 2.442 fazendas foram invadidas. Nos 8 anos de governo do Lula (2003 a 2010), foram 1.968 invasões, e por fim, de 2011 a 2016, no governo de Dilma Rousseff, 969 fazendas foram ocupadas ilegalmente. Neste período de 22 anos, 5.379 propriedades foram tomadas.
 
É coincidência que a brusca queda das atividades ilegais de invasores aconteceu no mesmo período que as famílias puderam se armar na defesa de suas propriedades?
Link
Alexandre Siqueira

Alexandre Siqueira

Jornalista e administrador esportivo. Articulista no Jornal da Cidade e Jornal Tribuna Nacional.

Tags »
Leia Também »
Comentários »
  • Clóvis. Lima escreveu:
    14/05/2022 às 08h42min

    Este governo,ele e falso,enganador,mentiroso,

Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunanacional.com.br/.