24/07/2020 às 00h16min - Atualizada em 24/07/2020 às 23h15min

Quem é o verdadeiro vilão?

É sobre o vírus comunista.

Claudia Ribas

Quem é o verdadeiro vilão, a Covide-19 ou o que está por trás?

No ano de 2019 tivemos 58.103 mortes a mais que 2020. Ao verificar essa informação logo lembrei do seguinte questionamento que fiz em abril: Onde está a PANDEMIA?

Esses dados são oficiais com registro em cartório no Brasil.

Pesquisem: https://transparencia.registrocivil.org.br/registros

Mortes nos últimos 3 dias: 272

Casos confirmados: 2.227.514

Recuperados: 1.532.138

Dados verificados em 22/07/2020.

A maior pesquisa feita até hoje, acompanhando todos os contágios dos primeiros 2 (dois) meses da Covid-19 na Coréia, divulgada pelo CDC americano, mostra que a contaminação dentro de casa foi 6 (seis) vezes maior do que fora de casa. 
Verifiquem: 
https://wwwnc.cdc.gov/eid/article/26/10/20-1315_article?referringSource=articleShare

Está na hora do Brasil voltar a funcionar, as mentiras e manipulações esgotaram. A Covid-19 é real, a Pandemia é farsa.

Nunca vivenciamos nada parecido com esse momento da história.

A pandemia prosperou porque o medo invadiu o mundo, por outro lado recebemos um choque de verdades nuas, cruas, frias e por vezes bem quentes. Conservadores corajosos nas redes sociais destruiram a mídia manipuladora. Verdadeiros patriotas que estão fazendo história. Logo a ditadura foi instalada com o consentimento daqueles que defenderam o isolamento como quem está numa zona de conforto. Mas, a zona de conforto é como um band aid colocado para curar um câncer. Band aid's não curam câncer.

Enquanto fomos obrigados a usar máscaras por causa do vírus, assistimos muitas máscaras caindo. Foi um verdadeiro divisor de águas. O comunismo se apresentou ao público e o que era considerado teoria da conspiração foi desmistificado. Uma só dose de red pill para cada cidadão disposto a despertar tirou a máscara do vilão George Soros. O bilionário globalista que tem os olhos pútridos no Brasil. Ele é um opositor macro do conservadorismo ao redor do mundo. Doa milhões, bilhões para comprar aliados.

Em 1993 ele criou a Fundação Open Society – famosa por apoiar várias ações da esquerda pelo mundo. George Soros é o próprio demônio encarnado. Crítico ferrenho da direita conservadora, principalmente de Donald Trump e Jair Messias Bolsonaro. Engajado em acabar com a direita no Planeta Terra.

No Brasil George Soros tem sócios há anos, alguns deles já governaram o país e de alguma forma ainda estão no poder. Sabe aqueles que não deixam o Bolsonaro Governar? Pois é.

Estamos vivendo uma dura ditadura. Perdemos o direito de ir e vir, de expressar nossos pensamentos…

Patriotas, conservadores da direita são bloqueados nas redes sociais todos os dias.

Um exemplo de Patriota que revolucionou o Twitter: A Tia do Zap. Persistente - a cada perfil excluído mais ativamente se faz presente trazendo verdades incontestáveis – referência nas redes sociais - "Digital Influencer na política brasileira".

Georges Soros investe em fantoches que trabalham para ele. Alguns enriqueceram, ficaram bilionários, outros como Jean Wills e a Greta têm um bom finaciamento garantido pelo vilão do planeta.Temos esses problemas para resolver.

O Problema da política é o político. O problema da ciência é o cientista.

O poder emana do povo, desse mesmo povo que precisa de esperança, despertar e união para vencer a esquerda comunista.

Deixo aqui, mais uma vez, duas ideias: Saia da matrix e red pill-se!!

Até a próxima semana.

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »

Você votaria em Bolsonaro para Presidente em 2022?

90.0%
10.0%