14/03/2021 às 22h47min - Atualizada em 14/03/2021 às 22h47min

O povo mandou o recado: Todo poder emana do povo! Queremos trabalhar!

Com a #PatriotasNasRuas o povo mostrou sua indignação. Quase em todas as capitais multidões gritaram a palavra de ordem: QUEREMOS TRABALHAR!

Cristina Barroso
(REPRODUÇÃO)
Em todo o país o povo quebra o lockdown e mostra sua insatisfação com os desmandos do judiciário,com a impunidade para ladrões corruptos e o estado de sítio inconstitucional imposto por governadores e prefeitos.
 
Neste domingo (14), o povo promoveu manifestações e carreatas por todo o Brasil em apoio ao governo Bolsonaro e em detrimento aos governadores e prefeitos que querem destruir o presidente a qualquer preço, mesmo que esse preço seja pago com a vida de muitos.

Com a #PatriotasNasRuas o povo mostrou sua indignação. Quase em todas as capitais, multidões gritaram a palavra de ordem:
QUEREMOS TRABALHAR!


Salvador/Bahia
 
Os governadores estão em conluio com o judiciário que transformou nosso país numa anarquia generalizada.
O povo tem limite e parece que esse limite está chegando ao fim.


 
Mais de 10 milhões de brasileiros lotaram as ruas neste domingo (14) em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, pedindo para trabalhar e acabar com a farra do Superior Tribunal Federal (STF), que rasga a nossa constituição e impede o presidente de cumprir a missão para a qual foi legitimamente eleito com 57 milhões de votos.


Mega carreata em Brasília.


Brasileiros que moram fora do país também mostraram sua insatisfação.

A grande mídia se faz de cega, surda e muda diante do clamor do povo.

Copacabana-Rio de Janeiro

 
Os governadores deixaram bem claro que apenas querem derrubar o presidente, não satisfeitos em impedir o brasileiro de trabalhar e colocar o pão de cada dia em sua mesa, ainda pretendem impedir que os alimentos cheguem aos supermercados, causando assim um caos total no país.
 
Mesmo após a isenção de impostos federais, 18 Estados e o Distrito Federal aumentarão, a partir de segunda-feira (15), o preço de referência para a cobrança de ICMS sobre o óleo diesel.
O botijão de gás, que também está isento de impostos há duas semanas, terá elevação de tributos estaduais em 12 Estados e no DF, sem mencionar o preço da gasolina e do etanol que chegaram ao teto máximo que o povo desempregado pode suportar.

O aumento do ICMS surge como mais um entrave ao repasse do benefício anunciado na semana passada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em esforço para conter a insatisfação dos caminhoneiros.
Com o combustível sendo vendido a preços exorbitantes, os trabalhadores da estrada ficam impossibilitados de trabalhar, pois, esses cidadãos que ganham a vida nas estradas, trabalham para que não falte comida na mesa dos brasileiros.
O índice de desempregados é imenso, gerando aumento de suicídios e vítimas de depreção. A falência bate a porta de pequenos e médios empresários que vêem o investimento de toda uma vida se esvair pelo ralo.

Diante desse cenário assustador, provocado pela ganância de corruptos genocidas, temos um único homem tentando salvar o país da desordem e da falência total de seu povo. 
Bolsonaro é o único que parece se importar verdadeiramente com as vidas seifadas por essa pandemia.
Muitas vidas  teriam sido poupadas, se o tratamento preventivo defendido desde o início pelo presidente tivesse sido adotado.
Bolsonaro sempre se preocupou e alertou para o perigo que corríamos se a medidas contra o avanço da pandemia não andasse de mãos dadas com a economia.
Ainda assim o presidente é massacrado todos os dias pela grande mídia corrompida e mentirosa que distorce a verdade e o culpa pela incompetência de governadores e prefeitos, estes sim, os verdadeiros genocidas.

Chegou à hora do povo mostrar quem manda nesse país e do que está disposto a fazer para garantir sua liberdade.
Desobediência civil contra ordens estapafúrdias e ilegais. 
A população mandou o recado, estamos ao lado do presidente Bolsonaro e juntos vamos salvar nossa pátria amda Brasil!

Todo poder emana do povo!
Link
Relacionadas »
Comentários »