22/12/2020 às 16h12min - Atualizada em 22/12/2020 às 15h53min

LIBERDADE DE IMPRENSA?

A imprensa é o meio de produção e veiculação da noticia, produto do trabalho do jornalista.

Pixamby
A imprensa é representada pelo jornalista, o qual materializa as informações por meio de  algum veiculo como jornal impresso, jornal online, vídeos, rádio e televisão. E não o contrário.
O jornalista existe sem a imprensa, mas a imprensa não existe sem o jornalista, logo a liberdade de imprensa é consolidada na liberdade da pessoa do jornalista. Em tempos de desinformação, a imprensa serve aos seus interesses das oligarquias ideológicas afim de confundir o povo, ou seja a liberdade do jornalista está manipulada ou pelo dinheiro, ou pelos interesses ideológicos. A democracia no sentido de liberdade de pensamento e opinião fica ameaçada.

Em um país cuja liberdade é a essência  da democracia, os jornalistas não precisam estar vinculado a uma plataforma de imprensa para realizar sua função jornalística, ele é um profissional formado e qualificado, podendo ser independente. O seu trabalho é o resultado de investigações e saberes adquiridos que em forma de notícias, pode ser veiculado em qualquer plataforma de mídia.

A imprensa que segundo o dicionário “é a máquina destinada a imprimir e estampar”. Ou seja; não passa do meio pelo qual a informação é processada e veiculada para toda a população.  Se a Imprensa se torna uma ideia de instituição que representa todo o trabalho jornalístico e supõe que, quem  esteja fora dessa plataforma de interesses não seja considerado jornalista, munidos de seus direitos/deveres. Isso é o sistema hegemônico de manipulação da opinião pública. Instituição não representa, quem representa é a pessoa, o jornalista, o ser pensante.

Logo a pessoa como individuo, o cidadão consumidor da informação,  deve presar pela sua liberdade, esta só será possível se houver escolhas. O papel do jornalista independente, é promover o direito que o cidadão tem de escolher, a mídia da desinformação ou a verdade baseada nos fatos. A democracia exige liberdade de escolha, se não há opção de escolha de conhecimento, o indivíduo não é livre, é doutrinado.  

O que o Jornalista Osvaldo Eustáquio está sofrendo e outros dezenas perseguidos, é a falta da democracia em que o Brasil insistiu em carregar desde o golpe da República de 1889, passando por 20 anos da ditadura Vargas, regime militar e quem diria pelos governos que mais prega democracia o FHC, Lula e Dilma. Por ironia do destino, as Liberdades consagradas em um regime democrático, estão sendo cerceadas pelos mesmos que acusaram o Regime Militar de censura. Será vingança?  

Se uma nação ignorar o fato de um jornalista que seja, ser perseguido, preso e correr risco em sua vida, está fadada a derrota.
Se você acha que a prisão de um jornalista ou um militante, não é com você, você não entendeu nada. Você está chancelando o Estado dizimar sua próxima geração, filhos e netos. Pois, quando um jornalista se cala, o povo também se cala e então é o fim da saga.

A ditadura está próxima e não importa quem está no poder, importa que você perde sua liberdade. É chegada a hora da nação se levantar e mostrar que o povo é soberano, antes que seja tarde demais.
Link
Horacia Alves Lopes

Horacia Alves Lopes

Empreendedora digital na área de assessoria em gestão social de pequenos negócios,

Relacionadas »
Comentários »